Resenha#31 - Cinquenta tons de Cinza - E.L James



Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos. 'Cinquenta tons de cinza' é o primeiro volume da trilogia.
 Oi pessoal!
Primeira resenha de 2013 não poderia começar melhor, com um livro de repercussão tão grande! Sei que muitos se perguntaram o por quê de eu ainda não ter dado minha opinião, sendo que foi um grande lançamento literário de 2012. Mas eis que (para minha alegria) consegui terminar, sem arrancar os meus cabelos e o de Steele! Pois bem, comprei na época de lançamento mas relutei pra começar a leitura, estava num dilema enorme por 3 motivos: 
1. Muitas pessoas adoradoras de leitura erótica não gostaram, um ponto a ser observado, já que leituras do gênero fazem parte de sua vida cotidiana. 
2. Pessoas iniciantes que viram em 50 tons uma fresta para futuras outras leituras do gênero, cotando o livro como perfeito.
3. Devido a grande repercussão eu simplesmente não sabia o que esperar. 

Com esse impasse encarei o livro e comecei a ler, juro, tentei 2 vezes fui até o 4° capítulo e interrompi a leitura. Tudo bem, houveram outros motivos adversos que me fizeram parar. Mas continuei,  a princípio a narrativa da autora não ajuda muito, depois vai melhorando a partir do momento que ela começa a mostrar os sentimentos dos personagens e o dilema que cada um vive, alguns aspectos me fizeram gostar, outros odiar, é aquela velha sensação de amor e ódio com o livro. 

Quanto aos personagens, Anastácia é frustante em alguns aspectos, ela é desastrada, tropeça sozinha, sem atributos de beleza e inteligência no sentido de ser capaz de formular frases no mínimo bem argumentadas. Tive a impressão dela ser uma adolescente boba em vez de uma jovem universitária. Mas, por outro lado quem não ficaria boba na frente de Christian Grey? Apesar de alguns defeitos dele (ao ver dela) ele tem todos os requisitos pra se sentir insegura em sua presença. Ainda temos o fato dela ser praticamente uma zé ninguém na frente dele. E o bom de Anastácia é que ela traz as leitoras, (no caso eu) uma certa identificação.  Quem não gostaria de ter um homem lindo, rico e bem sucedido e aos seus pés? É praticamente surreal. Entendi o receio que ela teve a respeito dele quando descobriu suas preferências, tava bom demais pra ser verdade. Mas com charme e as atitudes de Grey não tinha como não se encarar a proposta dele, mesmo que futuramente a machucasse emocionalmente.

Christian Grey é um homem intenso. Provocante, por vezes arrogante, esses são os atributos que mais gosto nos personagens masculinos, aliado as suas preferências, de não namorar, não se envolver emocionalmente, ser um dominador e querer fazer de Anastácia sua submissa deixam ele intrigante, juntando o fato dele querer explorar os limites dela e fazer concessões por ela ser nova no assunto, tornam a leitura mais excitante. Agora, ele é muito controlador, por um lado pode parecer fofo, mas por outro causam certo temor à sua personalidade. Suas mudanças de humor repentinas me tiravam do sério, mas acho que foi justamente o que a autora quis explorar. Se ele é um maníaco por controle como refere-se Anastácia, logicamente suas mudanças condizem com suas ações.


Alguns aspectos que não gostei foi a narrativa, por mais que eu tentasse não conseguia sentir conexão com a trama, a proposta é boa, introduzir uma jovem no mundo do BDSM, mas o diálogos eram por vezes maçantes, passagens entediantes, as incoerências da protagonista (humm...hã) e as várias repetições como enrubescer, corar, morder os lábios e os criativos olhos cinzentos me tiravam do sério. Outros porém como os e-mails formais entre os dois, os sentimentos preponderantes, alguns desvaneios com sua deusa interior, o contrato juntamente com as clausulas, a ênfase no consentimento mútuo, as cenas eróticas e a disparidade de sentimentos em relação a Grey me fizeram no geral gostar. Devido aos prós e contras qualifico a leitura na medida para iniciantes ao gênero erótico, digamos que essa leitura é feita com foco nesse público. Gostei mas poderia ter sido bem melhor.

Por fim, espero que o próximo volume seja melhor que o primeiro, já que pelo desfecho acredito que abordará o dilema de Christian em relação aos próprios sentimentos em relação a Anastácia, ele está balançado e fazendo concessões que não deveria de acordo com sua conduta pessoal, além abordar mais afundo seu passado.

Quotes preferidos: 

Ele me enche de certeza, depois me cobre de dúvidas.

Perco o juízo quando estamos juntos - esta é a profundidade do meu sentimento por você.

Estou chorando pela perda de algo que nunca tive. Que ridículo. Chorar por algo que nunca existiu.

— Por que você não gosta de ser tocado? — sussurro, olhando para seus meigos olhos cinzentos.— Porque sou cinquenta vezes fodido, de cinquenta maneiras, cinquenta tons diferentes, Anastasia.

50 Comentarios:

Jeito de Lili disse...

Olá. resenha maravilhosa!!!
como sempre escrevendo super bem!!

Eu tbm to lendo.

Liliane Rodrigues

www.jeitodelili.blog.br

Érica Lopes disse...

Oi, Amanda!
Já o livro e gostei muito. Adorei a narrativa da autora. Estou lendo o segundo o livro e estou muito melhor do que o primeiro.

Beijos

Angela Graziela disse...

Esse livro é tão polemico
Tenho muita vontade de ler para saber se é isso tudo mesmo

Beijos
@pocketlibro
pocketlibro.blogspot.com.br

paros28 disse...

Amiga parabéns pela resenha, você conseguiu enxergar coisas no livro que nem a autora conseguiu, pq sinceramente esse livro foi escrito ele foi é c... kkkkkkkkkkkk

Mas parei no primeiro, não consegui ver profundidade nenhuma dos personagens, a Ana é uma idiota com aquela ridícula deusa interior, não condiz com as características da personagem.

E Grey é um menino frustrado por não ter brinquedo na infância, não achei nada perturbador o personagem, me perturbei foi com o fato de ter tantas mulheres apaixonadas por um homem que resume em rico e bonito.

Em 2012 nós ainda babarmos por um homem sem conteúdo por ter duas características citadas acima que não define o valor de ninguém é sim bastante perturbador, que nos humilha e nos reduz a um fantoche só pq ele é lindo e tem dinheiro e no mínimo frustrante.
E faz pensar se a independência feminina é uma ilusão, e a realidade que mulheres gostam de ser submissas e subjugadas por aparência e um lindo cartão de crédito.

Kezia Martins disse...

Olá.
É difícil falar desse livro.
Eu amo e odeio rs
O Christian é tudo de bom e todo mundo concorda com isso, mas algumas coisas me irritam profundamente nessa história.
Creio que se o livro fosse narrado pelo Christian seria muito melhor.
Não consegui engolir a Ana rs
Beijinhos
http://fulanaleitora.blogspot.com.br/

✿Nessa✿ disse...

Oie!
Eu gostei do primeiro livro, o meu problema foi no segundo. Tbm parei de ler varias vezes e achei muito repetitivo, agora me falta coragem para ler o último qur tbm ja li o início e parei. rsrs

Bjinhs*

camila disse...

Oi amiga, que bom que voltou ^^
Hmmm, eu ainda não li esse livro, pelos mesmos motivos que vc citou no começo da resenha, e depois de ler sua resenha toda, eu acho que vou aguardar mais um pouco... hehe
beijos
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Livroterapias disse...

Adorei!
Esse livro é muito bom sim!
Mas o segundo é melhor ainda!
Muito legal a resenha!
=)
Rizia -Livroterapias
http://livroterapias.blogspot.com.br

marla disse...

Oi Amanda,
As opiniões sobre esse livro, são bem divididas, uns gostaram, outros não, eu até momento não me interessei em lê-lo, vamos ver o que acontece no decorrer do ano.

*bye*

Louca por Romances

Alice Aguiar disse...

eu dei duas estrelas e mal pra esse livro hasusahusahu foi mt tenso a deus interior tava me matando de raiva u-u

Juliana Guedes disse...

Como sempre suas sempre suas resenhas são maravilhosas.
Eu estou lendo esse livro, então, gostei bastante de saber sua opinião. Até agora estou gostando.
beijos

Luana Melo disse...

Oi Amanda!

Ta resenha ficou ótima e traduziu muito bem o que livro é e o que ele passa para quem o lê.
Não foi das minhas melhores leituras mas espero ler o próximo!
Beijos*

http://luahmelo.blogspot.com

Rafaelle Vieira disse...

Oi Amanda!
Amei sua resenha, você abordou todos os pontos que me incomodaram e que eu gostei na leitura. Esse primeiro livro foi frustrante, a Ana me irritava e só conseguia achar o Christian um louco. O livro não me impressionou, mas decidi ler a série toda e não me arrependi os dois últimos me conquistaram até a Ana subiu no meu conceito. rsrsrs

Beijos,

Rafa {Fascinada por Histórias}

Lola Mantovani disse...

gostei da resenha, acredita que eu nunca me interessei por esse livro.
tem uma louca na minha sala que só fala dele, acho que é por isso que não gostei.
vou procurar ler talvez eu mude de ideia em relação a ele.
beijos

Tuane disse...

Hoy, Amanda!
Gostei de sua resenha, mas ainda não acredito que você deu 4 estrelas pra esse livro! Concordo na maioria dos pontos que você citou, mas minha maior decepção com Fifty Shades Of Grey foi o sucesso que está fazendo sendo um livro tão fraquinho. A ideia da história é super bacana, mas por conta da escrita e etc não consegui me apaixonar por ele.
Deixei minha opinião lá no blog também... se quiser ver!
http://bobeiras-egocentricas.blogspot.com.br/

Beijos

PS: Não espere muito de 50 Tons Mais Escuros. Você descobre muito sobre Christian Grey, mas a escrita não tem tanto avanço. (:

Flavia disse...

Eu gostei da sua resenha, mas nao concordo que seja um livro pra alguem começar a ler sobre bdsm, pq o que a autora tentou apresentar ali, ate onde eu saiba, está longe de ser o que deveria. Achei o livro muito ruim... um dos piores livros que ja li.

Amiga da Leitora - Thais disse...

Esse foi o livro que eu mais gostei da trilogia, e não tive problemas com a narrativa, pelo contrário, eu amei a narrativa de E L James!
Estou finalizando o 3° volume, e meio que me decepcionei com a autora, acho que ele quis ficar enchendo linguiça em vez de ir direto ao ponto! Em breve farei a resenha lá no blog.

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br

Larissa Alves disse...

Vou começar a ler 50 tons agora então não posso dar uma opinião, mas sua resenha foi maravilhosa!
http://algumasprimaveras.blogspot.com.br

Camile Cruz disse...

Oie! Tudo bem Amanda? Confesso que adoro leituras "hot" e ainda não tive a oportunidade de ler a triologia de Cinquenta Tons. Espero ler logo.
Resenha muito bem escrita. Beijos

www.perdidaentrelivros.com

Julia G disse...

Oi Amanda, acho que foi a resenha mais neutra que li do livro até agora - ou é ame, ou odeie-me.
Eu vou ler o livro em breve (já tenho todas os volumes), mas também começarei mais imparcial, para não me frustrar.
Quem já leu que eu conheço diz que os próximos livros melhoram.

Beijos

Carissa Vieira disse...

Minha opinião é mais ou menos como a sua. Acho o livro mal escrito, mas acho que não é ruim. As repetições me incomodam, a deusa interior também; mas o Grey é um ótimo personagem. é o que mais me prende.
Irei ler o próximo.

Boa resenha!

Beijos,

Carissa
http://artearoundtheworld.blogspot.com

Aline Coelho disse...

Gostei muito da sua resenha e agora fui convencida a ler!!!
Bjos e obrigada pela visita ao meu. Blog!!!

Leandro de Lira disse...

Oi!
Eu não gostei MESMO de "50 Tons de Cinza". A história é fraca, mal escrita, a personagem é sem graça e retardada e o Christian é um completo neurótico. Foi uma das piores leituras de 2012.
Percebi que você gostou e teve argumentos bem diferentes dos meus. Mas isso não importa. rs
Parabéns pela resenha!
Abraço!

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.com

Gíh Santos disse...

Também tive uma relação de amor e ódio em relação ao livro.
Achei interessante suas observações, pois foi justamente o que aconteceu, as experiente ressaltarão pontos negativos, e as iniciais, julgaram perfeito.
É incrível como um livro julgo eu de escrita média, repetitiva e por vezes sem criatividade pode ganhar tanta fama.
Entretanto, pretendo ler os outros volumes da serie e ver no que vai dar.

Bjs
Gíh - http://livroslovers.blogspot.com.br/

Norton Almeida disse...

Segui aqui! Segue o blog lá?

Norton Almeida - www.apenas-tedio.blogspot.com.br

Lauri Brandão disse...

Apaixonada por Christian Grey! rs.
Amei a trilogia e as vezes a Ana me dava uma raivinha dela rs.
Uma estória perfeita, eu simplesmente amei!
Sua resenha ficou incrível!
Escolhido Pelos Leitores #12
Confere lá!
Manuscrito de Cabeceira
Beijos.

Nana Barcellos disse...

Hey Amanda
Ainda não sei se quero ler esse livro.
Li as primeiras páginas e larguei..enfim
Já estou acostumada com esse tipo de leitura.. nada me espanta HAHA

beijos!

Nana - Obsession Valley

Isabela Godoy disse...

Não curto essa trilogia, rs.

Beijos,
www.deliriosdegarota.com

Fran Kukuty disse...

Adorei sua resenha, confesso que não tinha lido nada do estilo até Cinquenta tons de cinza, então acho q a introdução foi uma escolha adequada ao estilo. Bom concordo com vc qndo diz 'q mulher não gostaria de ter um sr. grey aos seus pés' foi uma das coisas me questionei do livro. Gostei da leitura e passei a ver com 'bons olhos' este estilo literário, acho que neste ponto esta obra foi positiva. Bjos FRAN

Luciane Vieira Z disse...

Adorei sua resenha, sua analise sobre o livro foi a melhor que vi até agora. Eu já li os três e gostei, mas a repetição das palavras me irritou bastante, acho que a editora poderia ter feito um trabalho melhor. Achei original a ideia da deusa interior e do sub-consciente, mas a Ana é incoerente na maioria das vezes. Dos três livros o que mais gostei foi o segundo pois tem muitas revelações e um suspense. Beijos Amanda. Feliz ano Novo.

Jacqueline Braga disse...

Oie Amanda
adorei sua resenha
eu senti o mesmo quando li o livro, e os e-mails trocados por eles salvaram o livro rs
eu morria de rir com os assuntos, e as insinuações do todo poderoso Grey rs
estou com os outros dois livros aqui, e vou ler só para fechar esse ciclo de leitura erótica (sem ser livro de banca, pois prefiro os de banca, aos lançamentos eróticos em que a maioria das editoras vem apostando) da minha vida rs
bjos

Bruna disse...

Gostei muito da sua resenha, mas ainda não sei se daria uma chance ao livro...
Beijos

cocacolaecupcake.blogspot.com.br

Francielle Couto Santos disse...

E quem não conhece a trilogia Cinquenta Tons? Super aclamada e querida por muitos, inclusive. É uma pena que eu não sinta o menor interesse em realizar essa leitura. Nada contra, até porque eu adoro a temática, e acho que quando bem explorada vale muito a pena ser lida. Apenas... não consegui ver nada que me chamasse tanta a atenção. Mas, olha, adorei a resenha. Muito bem explicativa e clara. ((: Parabéns!

Um abraço!
http://universoliterario.blogspot.com/

Jéssica Patrício disse...

As opiniões acerca desse livro pela blogosfera foram bastante divergentes, mas ainda pretendo ler esse livro, também adiei bastante vezes para lê-lo, assim como você! Adorei sua resenha.

beijos

Jéssica - Strawberry de livros e filmes

Paloma Viricio disse...

Adoreiii a resenha. Não poderia começar melhor 2013! Aii eu nunca li nada da trilogia, mas já li outros livros eróticos e gosto bastante. Ai...eu tbm iria me irritar com esse personagem e mudanças de humor.
Beijos!
Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

Juliana Severo disse...

Falou tudo :D
No geral foi um livro três estrelas, na minha opinião. Gostei de alguns pontos, mas a escrita dela não é muito boa, todos concordam! Nos próximos, melhora um pouco, tanto a história em si, quanto diminuem as repetições - nada supera franzir o cenho! Acho que o lado melhor do livro foi impulsionar muita gente que não gosta de ler a fazê-lo.
Beijos, Ju - Céu de Letras

Barbara Sá disse...

Gostei bastante desse livro,
Sou acostumada a ler fanfics, ai achei a escrita da E. L. bem legal.
Ótima resenha.

Beijos,
http://www.segredosentreamigas.com/

Preto no Branco disse...

Oii!!
Gostei bastante da resenha, estava mesmo esperando a sua opinião a respeito dessa "bum" literário, rs. Não o li, e talvez não venha a ler, pelos três motivos que você citou kkk.
Os quotes são ótimos, quem sabe um dia, com uma super promoção eu não compre e devore, haha
Beijo!!
Espero q o segundo melhore mesmo, bjão.

Cida disse...

Oi Amanda! Eu já esperei mais deste livro, mas hoje eu não tenho mais nenhuma expectativa. Vou tranquilamente e se gostar ótimo, senão paciência.

A resenha foi bem objetiva, está ótima.

Bjos!!
Cida
Moonlight Books

@dudsparrow disse...

oi querida,
muito boa a resenha. Eu li e gostei, ponto, não achei nenhuma maravilha e nem inovador, alias achei meio clichezão. Me irrita acharei o Christian o rei dos "sádicos sexuais', perai, voces nao conhecem o Vishous da IAN? hahahahah :D
boa semana
;*

dudsparrow.blogspot.com.br

Gih Pinheiro disse...

E lá vamos nós para mais 50 tons! kkk
A galera curtiu mesmo esses livros hein!
Pena q não faço parte dessa multidão...não consegui engolir, nem um pouquinho...kkk
Mas como adoro vc e blog mesmo assim..kkkk...tem selinho lá no meu pra vc!!!!! *-*

Beijos

http://kastmaker.blogspot.com.br/2013/01/memes-e-selinhos-premio-dardos-capa.html

Caline disse...

Adoro resenhas assim, bem explicadinhas, onde o leitor diz exatamente o que gostou e o que não gostou no livro.
Você parece ter tido uma certa dificuldade para se envolver pela história mesmo assim deu 4 estrelinhas, uma nota que na minha opinião é até bastante alta.
Tenho curiosidade de ler essa trilogia, é claro, mas nada tão forte que tenha me levado a comprá-los ainda.

Beijos]
Caline - Mundo de Papel

Aline disse...

Adorei a resenha! Esse livro tá dando o que falar né?
Eu vou ler mês que vem, aí eu volto para comentar melhor, expor minha opinião.
Bj

Raiana Alves disse...

Acho que sou a única pessoa que ainda não leu esse livro! kkkk
Comecei a ler mas não terminei, preciso começar desde o começo.
Beijos
Raiana - Território Pop

Enfim Shakespeare disse...

Ele me parece o cara perfeito com a garota errada, ela é uma Bella da vida, simplesmente imaginei a Bella sendo a Anastácia e é horrível começar um livro várias vezes na segunda ou eu sigo ou desisto :/

http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

Carolina Ribeiro disse...

Estavam falando tanto do "sucesso" da série que decidi baixar só por curiosidade e ler e, sinceramente, achei bem decepcionante. Achei o segundo livro o menos pior deles =|
A autora é mtu repetitiva e não acho que merece todo esse alarde.

http://autoracarolinaribeiro.blogspot.com.br/

Sabrina Piano disse...

Oi, já li a trilogia e amo! Não tem um dia que não pense no meu amor Christian Gray, estou começando seriamente a pensar em internação, mas enquanto isso continuo apaixonada pelo Gray. Se você gostou do primeiro, vai amar os próximos, EU amei!
Gostei como E.L. James fechou a história, bem emocionante, no meu ver.

Raquel disse...

Oi flor,
Tudo???Então estou voltando de fériasss e com a vida a um milhão mas quando vi essa resenha aqui no seu blog tipo eu tinha que parar e ler afinal queria ver suas opiniões. Eu li 50 tons também mas sabe que eu não achei tudo aquilo que o pessoal comenta, o carinha ali não conseguiu me conquistar não para mim ele é um tremendo doente com muito dinheiro mas doente mesmo...e a guria bem ela me irritou além de ter muita coisa que para mim simplesmente não fechou...se vou ler o segundo???bem talvez...se por acaso ganhar ou trocar mas não espero mais muito disso não...um livro muito parecido mas muito diferente ao meu ver e o TODA SUA vc ja leu???Acho que ia curtir...enfim...do mais quero te avisar que foi ao ar o resultado la da historia do povo no meu blog da ligação e que voce foi sorteada então quando puder ir la conferir e responder meu email.
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Pabline disse...

Oi flor.
Eu estava ansiosa para uma resenha sua sobre o 50 Tons.

E tenho que concordar com vc em vários aspectos, principalmente na narrativa, que deixa a desejar. Mas eu devorei os livros (já li os três). No segundo sentir ainda mais os vícios da autora, mas sei lá, a história simplesmente me prendeu; eu ficava muito curiosa para saber o que ia dá nessa loucura de vida amorosas desses dois.

Adorei a resenha o/

Bj!

-Amigas Entre Livros-

Amanda Oliveira disse...

Eu li a triologia,gostei bastante do primeiro(me identifiquei muito com a Ana),do segundo gostei menos e o terceiro foi uma porcaria.BJs